Logo: O Caderno de Aimé-Adrien Taunay - Histórias, descobertas e percursos
realização: Logo: IHF - Instituto Hercules Florence
apoio: Logo: Museu Paulista
Logo: O Caderno de Aimé-Adrien Taunay - Histórias, descobertas e percursos

AIMÉ-ADRIEN TAUNAY

Por onde andam as obras de Taunay

Os desenhos realizados por Aimé-Adrien Taunay durante a viagem de circum-navegação (1817-1820) liderada por Louis-Claude de Saulces de Freycinet encontram-se atualmente no Australian National Maritime Museum, na National Gallery of Australia (NGA), na National Library of Australia e no Honolulu Museum of Arts (HMA). Já os cerca de 150 desenhos e aquarelas realizadas durante a Expedição Langsdorff (1825-1828) foram expedidos ao longo da viagem para a Rússia, conforme o contrato, estando eles depositados na Academia de Ciências da Rússia (РАН). Obras esparsas esparsas podem ser encontradas à venda em alguns leilões.

Infelizmente, devido ao esquecimento ao qual o conjunto desta expedição foi relegado; as obras produzidas pelo artista demoraram a ser identificadas e reconhecidas. Outras obras do artista estão conservadas em acervos públicos e privados no Brasil.

Desenho executado por Aimé-Adrien Taunay durante a viagem de circum-navegação comandada por Louis Freycinet (1817-1820). TAUNAY, Aimé-Adrien.
Cox, Gouverneur de Mawée [Cox, Governador de Maui], 1819. Aquarela e grafite sobre papel. Acervo Honolulu Museum of Art (Havaí, EUA). Disponível em Wikipedia
Desenho executado por Aimé-Adrien Taunay durante a Expedição Langsdorff. Sophronites coccinea (Lindl.) Reichb. (Orchidaceae). Aquarela sobre papel. Arquivos da Academia de Ciências (São Petersburgo).
TAUNAY, Aimé-Adrien. Green Parrot, Aquarela sobre papel, 1819 - Arquivo da National Libray of Austalia.
realização:
IHF Museu Paulista
parceria:
USP IFUSP - Instituto de Física da USP NAP - FAEPH